Acendendo o fogo

Um bom churrasco não depende apenas da qualidade da carne, existem outros fatores que influenciam no sabor, na maciez e até na segurança do churrasqueiro. Um deles, e talvez, o mais importante, é a forma de acender e controlar o fogo na churrasqueira.

É muito comum ver pessoas acendendo o fogo com álcool líquido ou outras substâncias tóxicas (gasolina, querosene e diesel, por exemplo). Esta certamente não é a melhor opção.

Estas substâncias podem deixar um gosto ruim na carne, um odor desagradável no ambiente (a ponto de causar dores de cabeça aos presentes) e ainda geram labaredas em uma intensidade que prejudica o preparo da carne. Provocam um fogo muito intenso e de curta duração que não é adequado para um churrasco.

Para piorar a situação, estes líquidos são altamente explosivos, o que significa que geram um risco de acidentes e queimaduras elevado. Hoje, no Brasil, um dos maiores responsáveis por internações hospitalares por queimaduras em acidentes domésticos é o fogo da churrasqueira combinado com álcool.

Para iniciar um fogo consistente e duradouro, uma boa alternativa é uma camada de carvão de boa qualidade com pastilhas específicas para acender o fogo. Elas queimam lentamente, não explodem e não provocam essas labaredas que queimam a carne (e, muitas vezes, o churrasqueiro também).

A carne deve ser cozinhada na brasa, não no fogo. Para obter essa brasa que cozinham a carne sem queimá-la, o ideal é acender a churrasqueira cerca de meia hora antes de colocar a carne. Enquanto o carvão estiver soltando aquela fumaça inicial (geralmente branca), ele transferirá um gosto ruim para a carne.

Assim, o correto é esperar o carvão virar uma brasa, com aspecto avermelhado. Só então você deve espalhá-lo de forma uniforme pela churrasqueira, de modo a que toda a carne receba a mesma quantidade de calor e acomodar a carne.

E, se pequenas labaredas aparecerem, jogar água não é a melhor solução. A água apaga o fogo, mas também altera a temperatura em um pedaço da churrasqueira, esfriando-a. Isso pode fazer com que a carne cozinhe de forma desigual, prejudicando sua consistência e sabor. O mais indicado é apagar labaredas com as próprias cinzas do carvão que já queimou.

Então, pela qualidade do churrasco e pela sua segurança, nunca acenda o fogo com um líquido inflamável. Faça o teste e você sentirá a diferença no sabor da carne.

Etiquetas: ,

Comentários (6)

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido por Agência BMC