Carnes importadas

Carnes importadas são diferentes de carnes nacionais em diversos aspectos, mas isso não quer dizer que uma seja necessariamente melhor do que a outra. Para entender qual é a carne que melhor te atenderá, você precisa conhecer as principais características das nacionais e das importadas e optar pela que se adequa melhor a seus convidados.

No Brasil, as raças zebuínas são responsáveis por cerca de 80% da produção de carne e destes, a raça Nelore costuma ser a principal carne que levamos à mesa. Por fatores como genética e alimentação, esta carne tem menos “marmoreio” (a gordura que entremeia as fibras da carne) que carnes argentinas, uruguaias ou australianas, por exemplo.

A quantidade de gordura entre as fibras é um dos grandes determinantes para a maciez e sabor da carne, uma vez que esta gordura “derrete” quando é assada, deixando a carne suculenta e com sabor amanteigado.

Por isso, as carnes argentinas, uruguaias e australianas são muito valorizadas, principalmente a australiana, que além de conter muita gordura entre as fibras, tem como característica típica uma distribuição mais uniforme desta gordura, deixando a carne macia e saborosa por igual.

Assar estas carnes importadas é uma tarefa mais fácil, por suas características, elas ficam suculentas e macias com mais facilidade, o que pode ser um benefício para churrasqueiros menos experientes. Entretanto, elas também possuem mais gordura do que a carne nacional, então, o que pode ser uma vantagem em sabor e preparo, também pode ser visto como uma desvantagem quando o critério for caloria, dieta ou saúde.

Além disso, nem só de maciez é feito um churrasco. Muitas vezes o sabor predominante de um determinado tipo de carne se sobrepõe à maciez na preferência dos convidados. Para alguns o fundamental é o sabor e, por memória afetiva ou até mesmo por hábito, priorizam o sabor da carne nacional. Há quem prefira uma picanha nacional a um filé mignon importando, por exemplo.

Então, a dica para escolher a melhor carne é: conheça seu público. Nem sempre um churrasco apenas com carnes importadas é a melhor opção. Está na dúvida? Não conhece bem as os convidados? Nesse caso, quanto mais variadas as carnes, maiores as chances de agradar a todos. Alterne na churrasqueira bons cortes importados e bons cortes nacionais e seu churrasco será um sucesso!

Etiquetas: , ,

Desenvolvido por Agência BMC