Carvão ou lenha?

Lenha ou carvão? Qual é melhor para o seu churrasco?

Depende. Vamos conhecer os prós e contras de ambos e, ao final deste texto, você mesmo será capaz de responde esta pergunta.

Carvão é mais prático que a lenha em alguns aspectos: é mais fácil de adquirir, mais fácil de acender e vira brasa mais rapidamente. Por isso costuma ser a escolha mais comum dos churrasqueiros no Brasil.

Já vimos aqui que a carne deve assar na brasa e não no fogo e, para manter uma brasa constante na churrasqueira é preciso alimentá-la com mais carvão ou mais lenha. Nesse ponto, o carvão facilita a vida do churrasqueiro: não provoca labaredas tão intensas quanto a lenha e vira brasa com mais rapidez.

Porém, dependendo da forma como se faça o churrasco, a lenha e suas labaredas podem ser aliadas. Em churrascos estilo “parrilla” ou “fogo de chão” a forma de queimar da lenha favorece o churrasqueiro: a carne é colocada ao lado do fogo, sendo apenas aquecida pelas labaredas, sem que encostem nela e, quando a lenha vira brasa, o churrasqueiro as arrasta para baixo da carne.

Carvão “rende” mais, pois se torna brasa com mais rapidez e demora mais a queimar. Provavelmente você usará mais do dobro da quantidade de lenha que usaria se fizesse o mesmo churrasco com carvão.

Mas a lenha muitas vezes não precisa ser comprada, ao contrário do carvão pode ser adquirida na natureza, no próprio local do churrasco. E, quando falamos em lenha, você sabe exatamente o que está levando para casa, já o carvão depende da intervenção humana, portanto, é essencial que se tenha o cuidado de adquirir carvão de boa qualidade.

A lenha, solta mais fumaça que carvão, o que pode ser bom e ruim ao mesmo tempo. Por um lado isso é bom, pois é esta fumaça que acentua o sabor da carne, mas por outro pode ser ruim quando se faz churrasco em ambientes pequenos ou fechados.

Então, a resposta para a pergunta da primeira linha é: se você quer uma opção mais fácil de manejar e mais rápida, sua opção é o carvão. Se você quer fazer diferente, testar um novo sabor e um churrasco mais complexo, sua opção é a lenha.

Porém, existe uma terceira opção que pode reunir o melhor dos dois: um churrasco à base de carvão, mas acrescentando tocos de lenha ao carvão de tempos em tempos, com a intenção de defumar a carne e proporcionar um sabor mais sofisticado. Assim você consegue a praticidade do carvão com o sabor da lenha. Basta estar atento para apagar eventuais labaredas que atinjam a carne e você conseguirá reunir o melhor dos dois mundos!

Etiquetas: , ,

Desenvolvido por Agência BMC