Chimichurri: o segredo do churrasco gaúcho

Chimichurri é um molho para carnes muito utilizado na Argentina e no Uruguai, que pode ser usado para marinar a carne antes de assá-la, para molhar a carne enquanto ela está assando ou, em da forma mais tradicional, para molhar a carne depois de pronta.

O molho ganhou este nome em homenagem a seu criador, um irlandês chamado Jimmy McCurry. Como o nome era muito difícil de pronunciar, a grafia original acabou sendo distorcida ao longo dos anos, até virar Chimichurri.

Existem diversas formas de preparar o chimichurri, optamos pela versão mais simples, para atender a todos os públicos: basta picar condimentos e misturá-los a vinagre e azeite de oliva nas seguintes proporções: 3 xícaras de ervas picadas (normalmente se utiliza salsinha, orégano e coentro), 6 dentes de alho (bem picados), uma xícara de azeite de oliva extra virgem, ¼ de xícara de vinagre (de vinho tinto) e uma colher de café de pimenta do reino. Dica importante: as ervas devem ser picadas em um tamanho bem pequeno, mas não devem formar um “purê” ou uma pasta, pois isso compromete o sabor do molho.

Basta colocar os ingredientes em um jarro de vidro que possa ser bem vedado e despejar o azeite de oliva e o vinagre. Misture bem e deixe descansar antes de usar, para que o sabor dos condimentos seja gradativamente liberado. O molho pode ser consumido uma hora após o preparo, porém, para obter o máximo de sabor, o ideal é que ele descanse fechado por 48h.

Você pode testar esta receita com outros ingredientes, como por exemplo, cebola, tomilho, orégano, pimenta vermelha, mostarda em pó, pimentão, louro, sal grosso, mostarda em pó, salsão, manjericão, suco de limão ou qualquer outro condimento de sua preferência. Faça diversos testes, até encontrar sua versão ideal.

Também possível encontrar molho Chimichurri pronto em alguns supermercados e boutiques de carnes, na versão pronta para consumo ou na forma de condimentos desidratados em saquinhos, assim, basta misturá-los a vinagre e azeite para que fiquem prontos.

Uma última dica importante sobre este tempero: caso deseje marinar a carne em chimichurri, não é recomendável que ela fique de um dia para o outro no molho, pois é um condimento muito forte. O ideal é que fique marinando por, no máximo, duas horas, para que o molho não se sobreponha ao sabor da carne.

Depois de preparado, o Chimichurri deve ser conservado na geladeira e dura cerca de 15 dias. Ele também pode ser utilizado para temperar saladas e sanduíches.

Experimente preparar um molho Chimichurri com os ingredientes de sua preferência: é fácil, barato e combina com todas as carnes.

Etiquetas: , ,

Desenvolvido por Agência BMC