Peru na brasa.

Natal também pode ser comemorado com um belo churrasco, com direito a peru. Que tal assar seu peru de natal na churrasqueira? Sim, isto é possível, e o sabor fica delicioso e diferente de tudo que você já experimentou!

Existem centenas de possibilidades de receitas de peru na brasa, sinta-se livre para criar a sua. A seguir damos algumas dicas para que seu peru de natal na brasa seja um sucesso.

A carne de peru tem seu sabor realçado se for marinada antes de ser levada ao fogo. Você pode marinar o peru em vinho branco (que gera um sabor mais suave), em cerveja ou até mesmo em cachaça, se quiser um sabor mais marcante. Misture à marinada condimentos de sua preferência para dar sabor. Sugerimos alho, cebola, pimenta do reino, azeite de oliva, sal e alecrim.

Deixe o peru em um recipiente de vidro, de molho na marinada na geladeira, por aproximadamente 12horas. Graças ao seu tamanho, ele requer um tempo maior de marinada que a média das carnes. Se possível, “vire” o peru no recipiente algumas vezes, para garantir que toda a área da carne entrará em contato com a marinada. Se quiser sabores mais exóticos, você pode incluir condimentos como mostarda, tomilho ou até mesmo curry na sua marinada. Caso não deseje marinar, passe apenas o azeite de oliva com os condimentos no peru e deixe descansar pelo mesmo período de tempo.

Prepare uma farofa para rechear o peru. Se você já tem a sua receita de preferência, ótimo, qualquer farofa é bem-vinda. Nossa sugestão é uma farofa feita à base de pão de forma ralado, acrescentando os ingredientes que você preferir: ovo, bacon e alho dourado, por exemplo. Se quiser dar um toque diferente na sua farofa, você pode acrescentar itens como uva-passa, damasco, castanhas picadas ou até mesmo abacaxi, que harmonizam perfeitamente com o sabor da carne de peru.

Depois de marinar o peru por 12horas, recheie com a farofa e feche o acesso por onde colocou o recheio, para que ele não vaze na churrasqueira. Isso pode ser feito utilizando a própria pele do peru (cruzando as coxas por dentro da pele) ou até mesmo com agulha e linha. Depois que o peru estiver recheado e fechado, unte-o de forma generosa com manteiga e condimentos da sua preferência, como sal, pimenta, ervas e alho e coloque-o em um espeto grande.

Em função do seu tamanho, o peru precisará passar bastante tempo na brasa. Por isso, para evitar que queime por fora e fique cru por dentro, você deve envolver o peru (já no espeto) em papel alumínio ou papel laminado de forma a que fique bem vedado. Se o espeto for giratório, facilita a vida do churrasqueiro, pois ele não terá que ficar girando manualmente. O tempo de preparo depende do tamanho do peru, para um tamanho médio, esta primeira fase varia entre 3 a 4kg, o ideal é deixa-lo pelo menos três horas na brasa com papel laminado.

Quando o peru estiver assado, é hora de retirar o papel laminado para permitir que a ave doure. Novamente, o processo será mais fácil se você utilizar um espeto giratório, pois assará a carne por igual. Normalmente, para dourar um peru de um tamanho médio o tempo costuma variar entre uma hora e meia e duas horas. O peru ficará dourado por fora e macio e suculento por dentro.

O sabor da ave será acentuado na churrasqueira e a casquinha que se formará na parte externa será ainda mais crocante. Pronto, agora você só precisa servir alguns acompanhamentos típicos e saborear esta versão ainda mais saborosa do clássico peru de natal!

Etiquetas: , ,

Desenvolvido por Agência BMC