T-Bone de Patrão

O T-Bone, também conhecido como “bisteca” ou “chuleta”, recebe este nome por possuir um osso em forma de “T”. É um corte especial do lombo, saboroso e suculento, ideal para a churrasqueira, por se tratar de uma carne macia.

De um lado do osso, temos a parte final do contra-filé, especialmente saborosa. Do outro lado do osso temos o miolo do filé-mignon, especialmente macio. Assim, o T-Bone contém, em uma única peça, dois cortes com características complementares, permitindo conjugar o máximo de maciez e sabor em um único lugar. É literalmente um “dois em um”.

Este é um corte que não requer muito tempero, para condimentar o T-Bone basta sal, no máximo um pouco de pimenta do reino. Lembre-se de não salgar a carne com muita antecedência, para que ela não fique ressecada. Se possível, deixe a carne na temperatura ambiente antes de coloca-la na churrasqueira.

O preparo do T-Bone deve ser rápido, feito na brasa (nunca com labaredas). Como não é fino, deve ser colocado em brasa forte, para que grelhe por completo, sem ressecar. O ideal é que seja colocado a uma altura media de 15cm acima das brasas e grelhe pelo tempo médio de 5 minutos de casa lado.

Uma boa dica para saber quando está na hora de virar a carne é observar se está saindo sangue da parte superior do T-Bone. Quando isso acontecer, vire e deixe a mesma quantidade de tempo na grelha, assando do outro lado. Em momento algum faça cortes na carne para verificar o ponto, pois isso a fará perder os líquidos responsáveis pela maciez e sabor.

Não deixe a carne ficar bem passada para tirá-la do fogo, pois você corre o sério risco de ter um bife ressecado. O T-Bone é um bife alto e grande, preparado a altas temperaturas, por isso, mesmo depois que você o retira do fogo ele pode continuar a cozinhar por dentro por alguns minutos.

Para finalizar, quando a carne estiver pronta, deixe-a descansar alguns minutos antes de servir (aproximadamente 5 minutos). Isso vai permitir que o líquido assente em seu interior e não escorra no prato assim que a carne for cortada. Assim você garante o máximo de sabor e uma carne muito suculenta.

Caso deseje servir cortado, procure fazer o corte bem rente ao osso, local onde estão os pedaços mais macios e saborosos.

Seguindo estas dicas você vai servir o melhor T-Bone que seus convidados já experimentaram!

Etiquetas: ,

Desenvolvido por Agência BMC